NOTÍCIAS

12/02/2016

Cachaça desbanca tradição do conhaque francês

Middas Cachaça conquistou o paladar do jurado internacional durante maior e mais prestigiada competição de bebidas da China e recebeu medalha de ouro e troféu de destilado do ano.

Sem dúvida, a Middas Cachaça começou 2016 com o pé direito. Isso porque a marca acaba de receber duas importantes premiações mundiais. A bebida foi agraciada com a medalha de ouro e troféu de destilado do ano no CWSA - China Wine & Spirits Awards 2016 - maior e mais prestigiada competição de vinhos e destilados da China. Este reconhecimento é o mais importante aval de qualidade e adequação para o mercado chinês.| www.cwsa.org.

O júri foi composto por 100 juízes cuidadosamente selecionados, sendo os principais compradores da China de vinhos e destilados, como importadores, distribuidores, varejistas e sommeliers.

“Estamos muito felizes em conquistar o mercado asiático com um produto genuinamente brasileiro como é a cachaça. Esta bebida avança a cada dia no caminho da sofisticação e do requinte. Prova disso, é a Middas, que desbancou importantes destilados como a vodca, rum e uísque, além do tradicional conhaque francês”, comemora o CEO da Middas, Leandro Dias.

A Cachaça Middas, produzida em Dracena, interior de São Paulo, fica armazenada por dois anos em tonel de madeira de amendoim do campo. Considerada a rainha das madeiras brasileiras, realiza o verdadeiro envelhecimento: revela e acentua as virtudes da cachaça, exibindo a sua verdadeira alma. A cor permanece praticamente inalterada e o aroma e gosto da cachaça são preservados, porém, baixando a acidez e mantendo a personalidade da bebida.

A Middas vem acompanhada de um frasco contendo flocos de ouro comestível de 23 quilates vindos da Alemanha, o que permite ao consumidor dar o seu próprio toque à bebida, colocando a quantidade de flocos que preferir na cachaça.

O empreendedor Leandro Dias, CEO da marca Middas, foi responsável pela idealização do produto. Todo o processo de produção é embasado em pesquisas científicas realizadas pelo doutor Leandro Marelli, pós doutor em Tecnologia de Bebidas pela USP, e aplicados no alambique pelo Master Distiller André Fioravanti, responsável pela produção da cachaça.

www.middascachaca.com.br.

PUBLICIDADE