NOTÍCIAS

19/10/2015

Sirha encerra primeira edição no Rio

A primeira edição do Sirha — maior evento de Gastronomia e Hotelaria do mundo — na América Latina reuniu mais de 9 mil pessoas em três dias no Centro de Convenções SulAmérica e superou expectativas por parte dos organizadores, expositores e público. Devido ao sucesso do lançamento, a companhia francesa GL events, responsável por trazer o evento para o Brasil, confirma uma segunda edição da feira para 2016, prevista para os dias 04, 05 e 06 de outubro.

Marcado por momentos de fortes emoções, o evento recebeu seletivas brasileiras dos prestigiosos concursos Bocuse D’Or e Coupe du Monde de La Patisserie. Grandes nomes da Gastronomia nacional, como os chefs Alex Atala, Claude Troisgros, Laurent Suaudeau e Flávia Quaresma receberam Jérôme Bocuse — filho de Paul Bocuse — e outros chefs internacionais. O evento apresentou uma oferta completa e inovadora para os profissionais e estudantes que visitaram a feira: foram 93 expositores e marcas de produtos e serviços, fornecedores de hotelaria e alimentação, desde produtos alimentícios e bebidas, equipamentos de cozinha, artes da mesa, decoração, produtos regionais brasileiros, e empresas estrangeiras presentes no Brasil pela primeira vez.

O sucesso desta primeira edição fomentou uma ampla rede de negócios para o segmento e para a segunda edição já estão confirmados 85% de expositores. Vânia Tavares, diretora da Fagga, acredita que num evento deste porte a satisfação dos expositores se meça através do volume de negócios movimentado ao longo da feira. “Estamos felizes em termos conseguido promover um evento 100% business to business, principalmente pela qualidade do público que recebemos. Passaram pelo Sirha-Rio pessoas focadas no mercado, genuinamente interessadas em acompanhar as tendências do segmento”.

Fernando Capella, chef e sócio da Intellikit, empresa responsável por trazer ao Brasil equipamentos de grandes marcas internacionais, Rational, Irinox e In Sink Erator, ficou feliz com o resultado do investimento em patrocínio ao evento. “Para mim, este é o maior evento da gastronomia do mundo e é uma honra participar e patrocinar o Sirha. O evento ultrapassou minhas expectativas”.

Também foram realizadas seletivas nacionais de prestigiosos concursos gastronômicos, o Bocuse D’Or e a Coupe Du Monde de La Pâtisserie. Giovanna Grossi foi a vencedora do Bocuse D’Or e os chefs confeiteiros Marcone Calazans e Abner Ivan foram os premiados da Coupe du Monde de La Pâtisserie. Palestras organizadas pelo Sebrae; o painel de tendências World Cuisine Summit e o Mesa Show da revista Prazeres da Mesa também foram realizados durante o Sirha-Rio.

Bocuse D’Or —No último dia de evento aconteceu a grande premiação do Bocuse D’Or, mais importante concurso internacional de chefs. Oito candidatos de todo o Brasil competiram pelo prêmio e a vencedora foi Giovanna Grossi, candidata do estado de Alagoas. Ela será o nome a representar o Brasil na seletiva continental, em 2016, no México e poderá chegar à grande final em Lyon, em 2017. Giovanna apresentou as receitas arroz cremoso de alcatra com ora pro nóbis e acerola e pescadinha com nhoque de chuchu, creme de milho, manjericão e queijo coalho. Miolo de alcatra com ora pro nóbis e pescadinha com chuchu eram os ingredientes obrigatórios pelo regulamento do concurso. Um júri de top chefs comandado por Alex Atala degustou as receitas e chegou ao veredicto final. Gabriel Daniel, de São Paulo, e Bruno Rappel, de Brasília, foram os segundo e terceiro colocados, respectivamente.

Geir Skeie, chef norueguês que venceu o Bocuse D’Or em 2009, também esteve presente no pavilhão de concursos observando o trabalho dos commis, pois foi eleito o melhor deles durante o etapa, a Karolina Fernandes. “O trabalho do commis é muito importante, pois eles fazem a metade do trabalho. Além disso, muitos deles têm potencial para se tornarem competidores”, avaliou Skeie.

O chef Pascal Jolly, um dos membros do júri degustação carne, definiu o Sirha-Rio como um divisor de águas. “Foi um evento maravilhoso. Fiquei emocionado o tempo inteiro. Estou diante de um momento histórico onde sinto que a gastronomia brasileira está tendo o reconhecimento que merece, o que indica que estamos entrando numa nova era”, contou, emocionado.

O Sirha é hoje o evento de referência do setor de gastronomia e hotelaria na Europa e no mundo, reunindo a cada dois anos cerca de 189 mil profissionais do setor e 3045 expositores e marcas internacionais na cidade francesa de Lyon. Desde 1983, ano de sua criação em Lyon, o Sirha é dedicado a levar soluções e inspiração, e apresentar e discutir tendências com profissionais de mercado que estão concebendo o futuro dos serviços de alimentação.

Como parte de seu desenvolvimento internacional, após Sirha Genebra, Sirha Budapest, e Sirha Istambul e Sirha México é lançado o Sirha Rio, o primeiro evento do porte a ser realizado no Brasil, na cidade do Rio de Janeiro. Acontece de 14 a 16 de outubro no Centro de Convenções SulAmérica, com 93 expositores e marcas brasileiros e internacionais, e mais de dez mil visitantes.

O grupo GL events, líder mundial no setor de eventos, é o responsável por trazer o Sirha ao Brasil através de seu braço local, a Fagga. Hoje, o faturamento da GL events é de cerca de um bilhão de dólares por ano, e a empresa conta com mais de quatro mil colaboradores em todo o mundo.

No Brasil, Claude Troisgros foi o nome escolhido como Presidente do Sirha Rio, enquanto Laurent Suaudeau esteve à frente do concurso Bocuse D’Or e Philippe Brye presidiu a Coupe du Monde de La Patisserie. Frédéric Loeb, especialista tendências gastronômicas, apresentou o Sirha World Cuisine Summit, painel com as principais previsões para o setor.

Em sua última edição em Lyon, em janeiro de 2015, o Sirha teve a presença de mais de 19 mil chefs, em 130 mil m² de pavilhão, com 3.045 expositores e marcas e mais de 189 mil visitantes profissionais vindos do mundo inteiro.

 

PUBLICIDADE