NOTÍCIAS

03/09/2015

Os quatro sabores do paladar

A língua é o órgão responsável pelo paladar, um dos cinco sentidos com que percebemos o mundo, juntamente com a visão, a audição, o tato e o olfato. Existem cerca de 10 mil papilas na língua de um ser humano. Cada papila gustativa é formada por células sensoriais microscópicas diretamente ligadas a terminações nervosas, que distinguem um conjunto de sensações de gostos e aromas enviado rapidamente ao cérebro. Este traduz as sensações em sabores que todos sabemos distinguir. Devido a esta ligação, podemos dizer que as batatas fritas são salgadas, o chocolate é doce, o café é amargo e determinado vinho é ácido.

A ponta da língua revela maior sensibilidade ao doce, os laterais notam a acidez. Entre estas duas zonas, o salgado é a sensação dominante. Mais ao fundo, o amargo se impõe.

Da combinação destes quatro sabores, surgem muitos outros. O umami, tido como um gosto extremamente delicioso; a sensação de gordura ou de cálcio, por exemplo, são sabores secundários.

Da para afirmar que o olfato trabalha em parceira com o paladar, contribuído para a melhor percepção de determinado gosto.

PUBLICIDADE