NOTÍCIAS

30/07/2015

Os 50 melhores restaurantes da América Latina 2015

Após dois anos de sucesso no Peru, o prêmio 50 Melhores Restaurantes da América Latina, patrocinado por S. Pellegrino e Acqua Panna, será celebrado pela primeira vez no México. No dia 23 de setembro, o Antiguo Colegio de San Ildefonso abre as portas para acolher a celebração anual da gastronomia da região, quando será anunciada a lista de 2015 para chefs e meios de comunicação especializados.

A lista dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina é organizada pela William Reed Media Group, a mesma organização por trás das listas dos 50 Melhores Restaurantes do Mundo e dos 50 Melhores Restaurantes da Ásia. Este ano, o México foi escolhido como o país anfitrião, comprovando a sua liderança como destino turístico gastronômico da região.

A lista é uma celebração das melhores experiências gastronômicas que a América Latina oferece aos seus visitantes e também atua como um barômetro anual dos gostos dos comensais, avaliado por mais de 250 especialistas independentes de todos os lugares da região.

Além de revelar a lista, serão entregues também reconhecimentos individuais, incluindo o ‘Prêmio Diners Club® pelo Conjunto da Obra’ e o ‘Prêmio Veuve Clicquot de Melhor Chef Mulher da América Latina’, e o ‘Prêmio de Melhor Chef de Confeitaria da América Latina’, patrocinado por Cacao Barry. Além disso, será entregue o ‘Prêmio de Melhor Nova Entrada na Lista’, patrocinado por LesConcierges, ao restaurante mais pontuado que não foi destaque na lista dos anos anteriores.

A cerimônia de premiação se encerra com o anúncio do restaurante que ocupa a primeira posição no ranking. Ele recebe o prêmio S. Pellegrino de Melhor Restaurante da América Latina. Em seguida, a cerimônia dá lugar a uma celebração ao estilo mexicano de sabor e festa.

A votação para definir a lista dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina segue os mesmos princípios fundamentais da lista dos 50Melhores Restaurantes do Mundo, porém com uma perspectiva regional e não global. Estes prêmios mostram uma rápida visão das opiniões e experiências dos experts independentes que fazem parte da votação da academia. O que é considerado 'melhor' é deixado a critério destes confiáveis e experientes profissionais.

O México será o país anfitrião de 2015 e 2016, como parte de uma estratégia global das três listas (50 Melhores Restaurantes do Mundo,50 Melhores da América Latina ip e 50 Melhores Restaurantes da Ásia) de, regularmente, mudar para diferentes cidades anfitriãs.

A escolha de comemorar o evento na Cidade do México é um reflexo da proeminência e da diversidade gastronômica da cidade e do país. Demonstra a ascensão do país como um destino gastronômico e fornece uma importante plataforma que beneficia a todos os restaurantes da região.

O restaurante número 1 da lista do ano passado foi o peruano Central, cujos chefs, Virgilio Martínez e Pía León, se destacaram como as estrelas da noite. O ‘Prêmio Diners Club® pelo Conjunto da Obra’ foi entregue a Alex Atala, pela sua contribuição na gastronomia brasileira, e o prêmio Veuve Clicquot de Melhor Chef de Cozinha da América Latina foi entregue a Elena Reygadas, cujo restaurante Rosetta também se destaca na lista.

William Drew, editor do grupo William Reed Media Group, comentou sobre a cidade- sede e o local da cerimônia. “Estamos muito satisfeitos em anunciar o Antiguo Colegio de San Ildefonso como o lugar da premiação dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina. É um local muito especial que captura a emoção e o clima festivo que queremos compartilhar com todos os convidados. Em nosso primeiro ano no México, esperamos por uma grande celebração da gastronomia latino-americana, que irá reunir chefs e donos de restaurantes, assim como imprensa e amantes da boa comida”.

Como a lista dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina é definida? A lista e a cerimônia são organizadas por William Reed Media Group e tanto o organizador quanto os patrocinadores incluindo o país anfitrião e o principal patrocinador do evento não possuem qualquer influência sobre os resultados.

A lista é criada por 252 membros da Academia dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina. A Academia está dividida em quatro regiões distintas: México e América Central; América do Sul (Norte); América do Sul (Norte); América do Sul (Sul) e Brasil. Cada região tem o seu próprio painel de 62 membros, formado por jornalistas, críticos gastronômicos, chefs, donos de restaurantes e foodies altamente considerados. Cada membro do painel tem sete votos nos quais devem considerar a melhor experiência gastronômica que tiveram nos últimos 18 meses e, pelo menos, três dos sete votos devem ser usados para avaliar restaurantes fora do seu país de origem.

PUBLICIDADE