NOTÍCIAS

15/06/2015

Comércio de pizzas cresce

O dia a dia agitado da vida moderna faz com que consumidores procurem cada vez mais refeições prontas. Entretanto, na hora de escolher, o produto mais saudável é levado em consideração. Pesquisas apontam que, ao mesmo tempo em que as pessoas escolhem uma alimentação rápida, também estão preocupadas com o conteúdo nutricional da refeição. Esse é um dos motivos plausíveis para a receita de fast foods ter diminuído nos últimos anos.

Um exemplo desse cenário é a rede McDonald’s, que em 2014 pela primeira vez em 12 anos obteve seu capital minimizado, diferente das pizzarias que crescem progressivamente, pois além das pizzas serem mais baratas, uma fatia parece ser mais leve do que um pão com hambúrguer. O fato pode ser comprovado por dados que apontam que apesar da crise econômica no Brasil, este setor movimentou 8,5 bilhões de reais em 2014, com uma estimativa de crescimento de 8%, conforme divulgado pela Associação Pizzarias Unidas do Estado de São Paulo.

Este ano, por exemplo, a Baggio Pizzeria & Focacceria, com doze casas localizadas no Paraná e em Santa Catarina, pretende inaugurar mais três restaurantes. “Estamos com boas expectativas para as franquias, o crescimento é contínuo, apesar da crise no país. Continuamos com as vendas de pizzas em alta e nos aperfeiçoamos diariamente para levar um produto de ótima qualidade ao cliente, além de estarmos sempre melhorando o atendimento, entrega e os produtos”, afirma o sócio-proprietário da rede de pizzarias Baggio, José Antonio Baggio.

Outro possível motivo para a escolha da pizza, em vez dos lanches, é que os consumidores se sentem menos culpados em comer a massa italiana, já que ela pode ser recheada com vegetais, por exemplo, conforme explica uma matéria veiculada no site The Economist. Na rede de pizzarias Baggio, a pizza Naturale, preparada com legumes e massa integral, é um ótimo exemplo disso.

Uma justificava também válida para a escolha da redonda são as variadas possibilidades de recheio, pois alcança diferentes gostos e bolsos, além de ser uma alternativa fácil para quem pretende dividir a refeição. São as preferidas para compartilhar com familiares e amigos no conforto de casa.

Fonte: LFCOM

PUBLICIDADE